Sunday, March 3, 2013

Pó da casca de ovo como fonte de Cálcio


O cálcio é um mineral de extrema importância para o organismo, sobretudo para a mineralização óssea, sendo que as necessidades deste mineral são relativamente maiores nos períodos de gestação, lactação, adolescência e senescência (idosos), variando entre 1000 a 1500mg/dia de acordo com a necessidade. Uma alimentação deficiente em cálcio compromete a formação do tecido ósseo e induz à perda da densidade óssea, levando à osteoporose. Esta enfermidade é mais prevalente em mulheres no período pós menopausa e em idosas, sendo, contudo, observada também entre adolescentes com amenorreia (ausência ou a cessação da menstruação em mulheres em idade fértil) e em indivíduos adultos vegetarianos.
Está bem documentado na literatura o fato de que a dieta de populações de diferentes países é deficiente em cálcio, fornecendo quantidades de cálcio que em geral não ultrapassam 50 %  das quotas recomendadas de ingestão do mineral.  Isso ocorre porque a falta ou baixo consumo  de fontes alimentares de cálcio não é suficiente para atingir seu aporte adequado, especialmente no caso de adolescentes e idosos.
Diversas estratégias têm sido propostas a fim de elevar o consumo de cálcio e minimizar os danos causados por sua deficiência. O cálcio pode ser obtido a partir da ingestão de alimentos naturalmente ricos no mineral, tais como sementes, folhas verde-escuras, cereais integrais, leite e produtos derivados, alimentos fortificados ou ainda por meio de suplementos dietéticos. Contudo, pela dificuldade de acesso à esses produtos, tem se utilizado o pó da casca de ovo como fonte de cálcio de baixo custo e de fácil preparo.
Além do aspecto econômico, o cálcio da casca de ovo apresenta vantagens nutricionais, pois não está associado a elevadas quantidades de proteína e sódio (como acontece, por exemplo, nos queijos), que podem induzir a um aumento da excreção renal de cálcio. Além disso, foi comprovado, mediante análises microbiológicas, que a adoção de procedimentos adequados no preparo do pó minimiza os riscos de contaminação microbiológica e assegura a qualidade do produto.
Como fazer o pó de casca de ovo
Acompanhe as figuras e as instruções abaixo e descubra como é simples, prático, rápido e econômico produzir em casa o pó de casca de ovo:
1. Guarde várias cascas de ovos que sobram nas receitas que exigem ovos em suas preparações, entretanto, a casca de ovo pode conter um micróbio que causa um tipo grave de diarreia, conhecido como salmonela. Por este motivo os ovos devem ser lavados muito bem antes de quebrá-los. Guarde-as e quando tiver uma boa quantidade, use-as para fazer o pó de casca de ovo.
2. Lave-as muito bem e deixe de molho em 1 litro de água com 1 colher de sopa de água sanitária (como se faz com as frutas, verduras e legumes) para matar os microorganismos presentes por 15 minutos. Use sempre a medida de uma colher de sopa de água sanitária para cada litro de água.
3. Ferva por 10 minutos, deixe secar. Em seguida, coloque no forno em forno elétrico ou convencional por 1 a 2 horas, em temperatura média, para desidratá-las. Desta forma fica muito mais fácil pulverizá-las. Só tome cuidado para não deixá-las queimar. Se estiver usando um forninho elétrico, ajuste o aparelho para que apenas a parte de baixo do forninho esquente – o calor vindo de cima e de baixo tostará as cascas.
4. Coloque as cascas desidratadas no liquidificador, mixer ou pilão. Triture até obter um pó bem fininho. Quanto mais fino, melhor.
5. Peneire e guarde o pó de casca de ovo em um recipiente seco e limpo, tampado e protegido do calor. Bem armazenado, o pó dura em média 3 meses.
É indicada a ingestão de 01 colher de chá rasa do pó por dia e pode ser acrescentada em preparações como arroz doce, bolos, biscoitos, etc.  No caso do arroz cozido, que é em geral consumido em refeições contendo alimentos fonte de ferro, quantidades mais elevadas de cálcio não são recomendáveis, pois poderiam eventualmente inibir a biodisponibilidade do ferro. Assim, a ingestão de alimentos de consumo habitual enriquecidos com o pó da casca de ovo pode contribuir para a ingestão adequada de cálcio sem comprometer a qualidade nutricional da dieta.
Nutricionista Bruna Passos
                Google imagens

O que o formato do seu batom diz sobre você?



1- Ponta de um só lado: A decidida
Quanto mais fina a ponta, maior a determinação de quem usa o batom. Geralmente é guerreira. É uma mulher segura, ambiciosa e, talvez por isso, não meça esforços para alcançar o que quer.

2- Ponta arredondada: A corajosa
É uma pessoa inteligente e glamurosa, adora surpresas e mudanças. O que mais a incomoda é a monotonia. Talvez esse seja o principal motivo para que esteja sempre mudando o guarda-roupa, a casa, o namorado…

3 - Ponta em forma de cadeira: A leal
Muito brincalhona que sempre está em busca de aventuras. Faz amizade com facilidade e é uma ótima ouvinte, é uma ótima amiga. Entretanto, é preciso prestar mais atenção aos sintomas de estresse.

4 – Ponta em diagonal: A boazinha
É uma pessoa do bem e, aos poucos, as pessoas que a rodeiam se dão conta disso. Algumas vezes dá a impressão de ingenuidade. Caso o batom fique assim até o final, significa que nunca será má. Lembre-se: a bondade é uma qualidade de poucos.

5 – Ponta em forma de casinha: A equilibrada
É uma pessoa muito tranquila, sempre disposta a experimentar uma nova forma de terapia alternativa. Tudo o que procura é o equilíbrio entre mente e corpo. E, no fundo, isso nada mais é que uma maneira de se conhecer melhor.

6 – Ponta em formato de chapéu: A misteriosa
É uma estrategista. Gosta de fazer planos. Isso não significa que os insights ficarão apenas no campo das ideias. Pelo contrário, na hora certa, sabe muito bem como colocá-los em prática.

7 - Ponta em forma de gota: A desconfiada
É do tipo durona. Não chora na frente dos outros e nunca revela seus segredos. Por isso, precisa estar sempre atenta as formas de exteriorizar seus sentimentos para não pifar.

8 – Ponta afiada: A organizada
Honesta e boa amante é daquelas que gosta das coisas planejadas e relacionamentos transparentes. A organização é seu ponto forte, e algumas vezes, não se dá conta de que exagera.

9 - Ponta plana: A sincera
Romântica, sincera e leal, é capaz de guardar um segredo como poucos. Tímida, muitas vezes nem mesmo tem noção do potencial e, por isso, esconde alguns talentos do resto do mundo.

10 – Ponta em forma de bala: A amorosa
É uma mulher quieta, delicada, esperta e surpreendente. Às vezes, pode ser confundida com pegajosa. Costuma enclausurar seus sentimentos e esconder suas qualidades dos outros. Tem um ar meio misterioso, capaz de deixar as pessoas curiosas a seu respeito.

11 – Torre torta: A informada
Uma ótima amiga adora badalações e não perde uma festa. É sempre uma das primeiras pessoas a ficar sabendo de tudo o que acontece com aqueles que a rodeiam. Nem sempre consegue guardar segredos. Atenção para a torre do batom, pois se ela cair indica crise interior.

12 - Duas pontas laterais: A habilidosa
É muito habilidosa e talentosa, tipo de pessoa que não consegue ficar parada. Ama a vida e está sempre rodeada de amigos. Tem o dom de deixar as pessoas a vontade e acaba sendo a anfitriã perfeita. Mesmo assim ela tem seus momentos de carência e precisa muito do carinho das pessoas que a cercam.

Fonte:
http://destacandobeleza.blogspot.com.br/2010/12/formato-do-batom-e-sua-personalidade.html

Ideas for Easter


HISTÓRIAS...


Flores nascem junto a estes degraus de pedra rija, que tantos e tantos pés calcaram...
Pedra sobre pedra, pelas mãos de homens valentes se faziam casas como esta.
Em cima ficavam as famílias, em baixo os animais, que aqueciam as casas durante o inverno...
As portas, em madeira das nossas matas, duravam uma vida, ou mais, e ali ficaram encurralando crónicas d´outrora.
Casas lindas estas de xisto, que compõem a história do nosso Portugal, muitas feitas de lágrimas, outras de amor ou, outras ainda, de companheirismo, que antigamente era tão simples como a água que corre nos rios.
Histórias... quem as não tem!?

ROMEU


Uma pequena mas lindissima aldeia transmontana, do Concelho de Mirandela, que conta com pouco mais de cinquenta habitantes.
Nesta Aldeia, que é abençoada por alguns dos melhores azeites do mundo, encontra-se um afamado restaurante típico, o Maria Rita, que torna qualquer refeição num momento inesquecível.
Logo ao lado do restaurante encontra-se o Museu das Curiosidades, com uma vasta colecção de... TUDO! O Museu das Curiosidades é um espaço simples, onde o visitante encontra numerosos testemunhos da evolução da forma de vida rural, que vão desde automóveis e alfaias agrícolas, até bicicletas e material portátil ligado ao cinema.

Esta maravilhosa aldeia tem as suas casas muito bem conservadas porque beneficiaram de importantes obras na época do Estado Novo.

O nome da aldeia deve-se a que na época medieval existia uma dependência da Ordem do Hospital de São João de Jerusalém, mais tarde conhecida como Ordem de Malta. O aspecto actual da aldeia ficou a dever-se à acção de Clemente Meneres, empresário agrícola e industrial que ali se instalou em finais do século XIX e se dedicou à produção de azeite com um sistema revolucionário para aquela época. Os resultados estão "à vista", com o azeite de Romeu a atingir patamares de qualidade elogiados um pouco por todo o mundo.
THE SERENITY PRAYER

GOD GRANT ME THE SERENITY
TO ACCEPT THE THINGS I CANNOT CHANGE;
COURAGE TO CHANGE THE THINGS I CAN;
AND WISDOM TO KNOW THE DIFFERENCE.

LIVING ONE DAY AT A TIME;
ENJOYING ONE MOMENT AT A TIME;
ACCEPTING HARDSHIPS AS THE PATHWAY TO PEACE;
TAKING, AS HE DID, THIS SINFUL WORLD
AS IT IS, NOT AS I WOULD HAVE IT;
TRUSTING THAT HE WILL MAKE ALL THINGS RIGHT
IF I SURRENDER TO HIS WILL;
THAT I MAY BE REASONABLY HAPPY IN THIS LIFE
AND SUPREMELY HAPPY WITH HIM
FOREVER IN THE NEXT.
AMEN.

--REINHOLD NIEBUHR